Exclusivo Os filmes mais importantes podem não chegar aos cinemas

Numa altura em que se começa a falar da possibilidade de os estúdios americanos pegarem nos seus blockbusters e os disponibilizarem em streaming, olhamos para os filmes que já foram adiados para 2021. "Para o ano é que talvez seja" é o novo lema.

Na enxurrada de filmes adiados para o ano estão aqueles que eram os mais esperados nesta altura. A pandemia fecha salas, revoluciona a perceção dos grandes estúdios quanto à opção do streaming e muda o calendário. A questão, a grande questão, nesta altura é perceber se os blockbusters que estão a ser adiados para 2021 não chegam primeiro à Netflix, à Apple TV+, à Amazon Prime ou à HBO Max. Tudo é possível e ainda há duas semanas alguns gigantes do streaming terão tentado 007 - Sem Tempo para Morrer, tendo inclusive a MGM vindo a público desmentir a cedência do seu tesouro. Segundo a Variety, o valor das negociações poderiam chegar a cerca de 600 milhões de euros...

Se é verdade que nenhum dos grandes filmes das majors quis arriscar uma data neste ano, sobretudo depois de a própria Warner não ter ficado orgulhosa do risco no lançamento de Tenet, de Christopher Nolan, há ainda um outro filme de médio porte com data em suspenso.

Mais Notícias