Exclusivo Príncipe herdeiro saudita prende tio e primo para evitar golpe palaciano

Detenções geraram rumores sobre o estado de saúde do rei Salman, de 84 anos. Príncipes podem ser acusados de traição.

Menos de três anos depois de se tornar príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman (ou MBS, como é conhecido) continua a consolidar o seu poder no país, desta vez mandando prender o tio e o primo, o anterior herdeiro. Ambos estariam alegadamente a preparar um golpe palaciano para evitar que MBS, que aos 34 anos é o filho mais velho do terceiro casamento do rei Salman, subisse ao trono.

MBS, ministro da Defesa desde 2015, tinha liderado uma purga logo após a sua nomeação em 2017, mandando deter no hotel Ritz-Carlton de Riade centenas de figuras proeminentes do reino, incluindo membros da família real e empresários, numa alegada operação anticorrupção. O hotel de cinco estrelas só reabriu no ano passado, depois de as autoridades chegarem a acordo com a maioria dos acusados (só 56 recusaram e foram transferidos para prisões) e terem recuperado 107 mil milhões de dólares em ativos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG