Exclusivo Aconteceu em 1986 - O tribunal fortificado para o julgamento da máfia

Em fevereiro de 1986 teve início um dos maiores julgamentos em que a Máfia esteve no banco dos réus. Em Palermo, o tribunal foi transformado numa fortaleza, com um custo de 320 mil contos, mais de 1,5 milhão de euros.

O tribunal foi reforçado com placas de cimento e de aço, com um custo de 320 mil contos (mais de 1,5 milhão de euros) para a realização de um julgamento histórico em Itália, que o Diário de Notícias deu destaque na sua primeira página de 11 de fevereiro de 1986. No banco dos réus estavam 474 elementos da máfia siciliana, embora apenas 250 tenham comparecido.

Mas de dois mil polícias garantiram a segurança. Em causa estavam as atividades ilícitas da Cosa Nostra, em que também os assassínios de figuras do Estado, como o general Dalla Chiesa, nomeado para fazer frente à máfia em Palermo, figuravam na acusação.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG