Exclusivo Minho com cinco equipas na I Liga. O efeito multiplicador em menos de 20 quilómetros

Sp. Braga, Moreirense, V. Guimarães, Gil Vicente e Famalicão são todos da Associação de Futebol de Braga, que terá um terço das 18 equipas da I Liga em 2019-2020. Efeito: aumento de praticantes e de receitas para a região.

Além do vigor desportivo, ter cinco equipas da Associação de Futebol de Braga (AFB) na I Liga 2019-2020 provoca também um efeito multiplicador no aumento de praticantes masculinos e femininos, além do que se verificará nas receitas geradas para os clubes e para a região (hotelaria, comércio e turismo).

Os clubes filiados na Associação de Futebol de Braga serão praticamente quase um terço das 18 equipas da I Liga 2019-2020. Pela primeira vez na história do campeonato, cinco equipas da AFB disputam a divisão de topo em simultâneo. A maior representatividade da associação do Baixo Minho fez-se com quatro equipas em sete ocasiões, três no século XXI (2004-2005; 2012-2013 e 2014-2015); e quatro no século XX (1990-1991; 1991-1992; 1992-1993 e 1993-1994).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG