Exclusivo Aconteceu em 1985 - A candidatura presidencial de Pintasilgo

No dia 10 de dezembro de 1985 o Diário de Notícias deu conta da formalização da candidatura presencial de Maria de Lourdes Pintasilgo (1930-2004).

"Pintasilgo primeira a formalizar candidatura presidencial", informou o jornal na primeira página, explicando depois que, na véspera, o seu mandatário nacional, Nuno Grande, tinha entregue, no Tribunal Constitucional, o máximo de 15 mil assinaturas para fazer da engenheira química e dirigente eclesial a primeira candidata às eleições presenciais de 1986.

Segundo o DN desse dia, a primeira mulher ministro e única primeira-ministra em Portugal fez questão de não estar em Lisboa no dia da formalização da candidatura e deslocou-se a Pombal, onde classificou a nova etapa na vida política como "um desafio à força do querer de todos os que veem nela a única que não teve de se desligar de qualquer partido político para se arvorar independente". Uma clara alusão a Salgado Zenha e Freitas do Amaral, que se tinham desfiliado do PS e do CDS, respetivamente.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG