Premium O dilema Marcelo na direita: "Seria um erro gravíssimo não apoiar a reeleição"

Há críticas no centro-direita a Marcelo Rebelo de Sousa. Mas PSD e CDS podem dar-se ao luxo de não apoiar a sua reeleição para Belém? José Ribeiro e Castro diz que "seria um erro gravíssimo". E José Adelino Maltez afirma que o atual Presidente da República "é a respiração" desta área política.

Cinco meses são muito pouco em política. E são precisamente os que faltam para as presidenciais. E por mais estranho que pareça, ou talvez não, só o socialista António Costa já anunciou o apoio à recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa, que ainda também não quis dizer, preto no branco, que está na pole position para a corrida a Belém. O PSD e sobretudo o CDS ainda hesitam no like ao Presidente. "Seria um erro gravíssimo não apoiar a sua reeleição", afirma o antigo líder centrista José Ribeiro e Castro.

Estas palavras ao DN do antigo presidente do CDS surgem na sequência da entrevista do atual líder centrista à Visão, em que Francisco Rodrigues dos Santos afirma que o apoio do CDS à recandidatura de Marcelo "não está em saldos" e tece críticas ao inquilino de Belém.

Ler mais

Mais Notícias