Google anuncia novidades: um novo smartphone e mais funcionalidades no Android

Nesta terça-feira, a gigante tecnológica levanta a ponta do véu e mostra ao mundo aquilo que está a preparar, na conferência de programadores I/O.

É a maior conferência da Google, na qual habitualmente são apresentadas as novidades que marcam o ano para a gigante tecnológica - a nível de software e produtos. O alinhamento da Google I/O já está quase completo, depois de muitas revelações na internet: vem aí um novo smartphone e mais funcionalidades no Android.

Um ano depois de ter apresentado a demonstração de um assistente digital a fazer-se passar por um humano, o mundo tecnológico está à espera de perceber qual o próximo coelho a sair da cartola da empresa californiana. Sendo uma conferência para o mundo "de todas as coisas Google", em que o sistema operativo móvel Android tem forte importância, claro que as novidades começam logo por aí, com o Android Q.

Um modo escuro no Android

Já são conhecidas algumas potencialidades do novo sistema operativo, que vai suceder ao Android Pie, a nona versão. Ainda sem nome oficial, embora seja provável que continue o reinado dos nomes de sobremesas, algumas revelações e versões de teste já mostraram o que aí pode vir.

É esperado um modo escuro nativo no sistema operativo - algo que tem sido uma aposta de várias tecnológicas, muito pela possibilidade de poupança de bateria. Além disso, são também esperadas funcionalidades menos visíveis a olho nu, mas que querem acompanhar os passos da indústria - a compatibilidade com a novidade do mundo dos smartphones, o formato dobrável.

Um Pixel de gama média

Depois de ter apresentado o Pixel 3, no final do ano passado, a Google não quer apostar para já num sucessor, mas sim numa alternativa para outro tipo de público. Os Pixel continuam na faixa de preços dos telefones topo de gama e, nesta conferência, tudo aponta que a Google aumente a gama, apostando num smartphone de gama média.

Até já foram divulgados na internet, através de um leak. Os Pixel 3a têm um preço esperado que ronda os 399 dólares, na versão mais barata, mas que não deverá ultrapassar os 479 dólares, aponta o canal de YouTube This it Tech Today.

É esperado um telefone muito parecido com o modelo original do Pixel 3, mas que tenha menos capacidade de performance do que o modelo premium: o processador será mais modesto. Além disso, também se fala num modelo com o corpo feito em plástico.

Um ponto de situação sobre o Stadia

Em março, a Google anunciou um serviço de streaming de jogos, o Google Stadia, que promete fazer concorrência às consolas. Na altura, foi indicado que este serviço permitirá jogar em qualquer dispositivo, dependendo das capacidades de ligação à internet.

Ficaram por saber pontos importantes, como requisitos para usar o serviço e um ponto crucial - o preço deste serviço de subscrição. No final da apresentação do Stadia, era indicado que seriam dados mais pormenores em breve.

Com a Google a ter vários programadores na sala, elevam-se as probabilidades de novo ponto de situação sobre o Stadia.

E mais novidades?

É também nesta conferência que a Google anuncia pequenas mudanças aos seus vários produtos, desde o Google Maps até ao sistema operativo pensado para os relógios inteligentes - que não recebe atualizações "à séria" há alguns anos. Também poderá ser o momento para perceber o que aí vem de novidades para a Android TV e o Android Auto.

Como é possível acompanhar?

A Google I/O arranca nesta terça-feira e as atividades vão estender-se até dia 9 de maio. Com várias conferências e workshops, é possível acompanhar tudo através da internet, incluindo a sessão de abertura, conduzida por Sundar Pichai, CEO da tecnológica, através do site da Google I/O. No final, todas as sessões são disponibilizadas no canal do YouTube do evento, para quem não conseguir acompanhar em tempo real.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG