Exclusivo Aconteceu em 1985 - Mundo tremeu de frio no rigoroso inverno de há 36 anos

Onda de frio rara teve honras de primeira página do DN neste dia.

"Tempestades e frio intenso causam mortes e prejuízos" era o título de uma das notícias de primeira página da edição de 7 de janeiro de 1985 do Diário de Notícias. O nosso jornal contava então como a vida em Roma estava "paralisada" por estar "coberta por um manto de neve" com aeroportos encerrados. Em Itália, o inverno de 1985 é ainda hoje recordado como a "nevasca do século". Até a região da Côte d'Azur, "afamada pelo seu clima ameno", escrevia o DN, sofria "as inclemências do mau tempo que afeta França" e que já causara a morte a quatro pessoas no país. Numa pequena aldeia na cadeia montanhosa Jura, L'Abbaye-en-Grandvaux, os termómetros chegaram a registar 33 graus negativos, enquanto em Nice havia palmeiras cobertas de neve.

A imagem da primeira página do jornal era um "maravilhoso espetáculo" de cursos de água gelados em Sontheimer, no estado norte-americano de Louisiana (foto que não foi possível recuperar). Na mesma altura, Chicago atingiu um recorde de temperaturas mínimas quando os termómetros na cidade desceram até aos -32 ºC. Também o normalmente encalorado Texas gelou, incluindo os rios de San Antonio (foto em cima).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG