Um Trump dourado "made in china", um ano de covid e o "sonho" de Moedas

A semana arrancou com um empate no Dragão que deixou o Sporting mais perto do título, 19 anos depois, e terminou com o Papa Francisco no Iraque. Pelo meio fomos vendo excertos da entrevista de Oprah Winfrey a Harry e Meghan.

SÁBADO

Sporting fica ainda mais perto do tão desejado título

27 de maio de 2002, o Marquês de Pombal pintava-se de verde com os adeptos do Sporting a festejar o título. Passados 19 anos de travessia do deserto, este cenário é cada vez menos uma miragem e mais uma realidade, sobretudo depois de os leões terem ido empatar ao Dragão num clássico em que o FC Porto não podia falhar. Com muitas jornadas ainda pela frente, os dez pontos de vantagem do Sporting sobre o FC Porto - com o Braga pelo meio, a nove pontos do líder - são ainda matematicamente recuperáveis, mas verdade é que nunca até hoje um clube que chegou na liderança e a dez pontos do segundo a esta altura do campeonato deixou escapar o título.

DOMINGO

Trump de volta: pronto para 2024 mas sem novo partido

"Tiveram saudades minhas?", perguntou Donald Trump aos apoiantes que se juntaram em Orlando, na Florida. O discurso no mais importante evento conservador marcou o regresso do ex-presidente aos palcos políticos. E se, como seria de esperar, insistiu que as eleições foram roubadas e não poupou críticas a Joe Biden, acusando-o de fazer que a "América primeiro" se transformar-se na "América em último", Trump rejeitou a ideia de formar um novo partido. "Temos o Partido Republicano. Vai ser forte e unido como nunca antes", garantiu. E uma candidatura às presidenciais 2024 foi cenário que não afastou. Mas a estrela mais brilhante deste evento foi mesmo a estátua dourada do ex-presidente que se descobriu ser fabricada na China e da co-autoria de um artista mexicano.

SEGUNDA

Portugal há um ano à espera que a covid desapareça

Surgiu nas nossas vidas em finais de 2019 como um vírus que matava pessoas na China. Algo longínquo, que merecia breves referências nos media, mas depressa chegou à Europa, e, quando a 2 de março de 2020 se confirmaram os dois primeiros casos de covid-19 em Portugal, sabíamos que era questão de tempo. Na véspera de se assinalar um ano, o DN, JN, TSF, Dinheiro Vivo e O Jogo organizaram uma série de debates sobre o tema. E não faltaram mensagens de esperança, como a de Fernando Santos: "Portugal conseguiu ser campeão da Europa, também pode dar a volta a isto."

TERÇA

Novo aeroporto: Montijo ainda é uma de três opções

A "novela" do novo aeroporto teve novo capítulo: o parecer desfavorável de dois municípios - Moita e Seixal - e a não entrega por parte de outro - Alcochete - levaram o regulador da aviação a indeferir o pedido de apreciação prévia da viabilidade da construção do aeroporto complementar do Montijo. A resposta do governo não tardou: vai ser feita uma avaliação ambiental estratégica a três possibilidades, duas com Montijo e Portela e a terceira só com Alcochete. O ministro Pedro Nuno Santos já disse que quer mudar a lei para que os municípios não possam travar "o desenvolvimento destas infraestruturas de interesse nacional e estratégico". Aguardamos os próximos capítulos.

QUARTA

Harry e Meghan: a entrevista de que se fala antes da estreia

A entrevista na íntegra só passa na CBS no domingo à noite (madrugada de segunda-feira em Lisboa), mas a presença de Harry e Meghan no programa de Oprah Winfrey marcou toda a semana. Primeiro surgiu um pequeno teaser no qual o príncipe garantia ter tido medo de que "a história se repetisse", referindo-se à morte da mãe, a princesa Diana, em 1998, num acidente em Paris quando era perseguida por paparazzi. Depois, neste dia, acusações contra Meghan, afirmando que fez bullying aos empregados. No dia seguinte, novo teaser, da duquesa a acusar a família real de "espalhar mentiras". A CBS promete mais revelações "explosivas".

QUINTA

Moedas foca-se em Lisboa e nega "outro sonho"

Foi no Instituto Superior Técnico, para onde aos 18 anos veio estudar, deixando a sua Beja natal, que Carlos Moedas fez a apresentação formal da sua candidatura à Câmara Municipal de Lisboa. Empenhado em congregar "as forças não socialistas moderadas e progressistas da nossa cidade", o ex-comissário europeu pretende liderar uma lista que una PSD, CDS, Iniciativa Liberal, PPM, MPT e Aliança para tirar a Câmara ao socialista Fernando Medina. Quanto a esta candidatura ser apenas uma montra para chegar à liderança do PSD, o agora administrador da Gulbenkian garantiu que presidir a capital "é o meu sonho, não tenho outro".

SEXTA

Papa chega ao Iraque sem medo da covid ou dos atentados

"Que as armas se calem! Que a sua disseminação seja limitada, aqui e em qualquer lado!" O apelo foi deixado pelo Papa Francisco à chegada ao Iraque. O Chefe da Igreja Católica cumpriu assim o sonho de João Paulo II, que em 2000 já tentara visitar a planície de Ur, onde nasceu Abraão, o pai das três religiões monoteístas, mas fora impedido por questões políticas. Desta vez, nem a covid nem a ameaça terrorista travaram Francisco, empenhado em dar apoio aos cristãos do Iraque - hoje não mais de 400 mil em vez do milhão e meio de há duas décadas. "Que ninguém seja considerado um cidadão de segunda classe", desejou o Papa.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG