Vítor Constâncio ouvido a 8 de junho sobre o BPN

O ex-governador do Banco de Portugal Vítor Constâncio é ouvido na comissão de inquérito sobre o Banco Português de Negócios (BPN) a 8 de junho, enquanto o presidente da Caixa Geral de Depósitos, Faria de Oliveira, depõe na sexta-feira.

Este calendário foi avançado à agência Lusa por fonte da comissão de inquérito parlamentar sobre a privatização e nacionalização do BPN.

Na sexta-feira, além do presidente da Caixa Geral de Depósitos, que comparece no Parlamento ao início da tarde, a comissão de inquérito ouve também, três horas depois, o administrador do banco público Norberto Rosa.

Para 8 de junho ficou agendada uma das audições mais aguardadas: a de Vítor Constâncio, atual vice-presidente do Banco Central Europeu, que era governador do Banco de Portugal quando o Executivo de José Sócrates decidiu nacionalizar o BPN.

Constâncio é criticado por várias forças políticas, sobretudo o CDS-PP, por alegadamente ter falhado no papel de supervisão do sistema financeiro.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG