Taxa exigida por títulos a 10 anos desce para 6,96%

Os juros exigidos pelos investidores no mercado secundário pelos títulos de dívida soberana portuguesa com maturidade a dez anos baixavam hoje ligeiramente, após fecharem acima dos 7% novamente na terça-feira.

Os investidores exigiam um juro de 6,960% pelos títulos com maturidade a dez anos, às 09:04, quando na terça-feira a taxa média encerrou nos 7,070%, a quarta sessão consecutiva a encerrar a subir, a terceira acima dos 7%.

O 'spread' face à referencial alemã na mesma maturidade situava-se nos 397,7 pontos base, num dia em que também os juros exigidos pelos títulos da maior economia da Europa também sofrem um agravamento. Relativamente aos títulos com maturidade a cinco anos, os investidores também abrandavam ligeiramente a pressão, exigindo 6,102%, face aos 6,216% registados no fecho da sessão de terça-feira.

Também neste prazo a taxa média, de acordo com os dados da Bloomberg, encerram há quatro sessões com sucessivos aumentos. O 'spread' face aos títulos alemães com semelhante maturidade agravava-se para 404,1 pontos base.

Portugal irá hoje ao mercado para emitir Bilhetes do Tesouro com maturidade a 12 meses, num montante indicativo de 750 milhões de euros, no que será o terceiro leilão do ano, um por semana, e o segundo de dívida a curto prazo.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG