Strauss-Kahn: Todos devem aceitar perdas com a Grécia

O ex-director-geral do Fundo Monetário Internacional Dominique Strauss-Kahn defendeu hoje, segunda-feira, que forçar a Grécia a pagar as suas dívidas irá empobrecer o país de forma inaceitável, e que todos devem estar disponíveis para aceitar perdas com a dívida grega.

"Eles não conseguem pagar", afirmou Strauss-Kahn, citado pela Bloomberg, na sua primeira entrevista desde o incidente em Nova Iorque com uma funcionária de hotel, que o levou a pedir a demissão do cargo no FMI.

"Os esforços dos líderes europeus foram demasiado pequenos ou demasiado tardios, ou ambas as coisas, demasiado pequenos e demasiado tardios", sustentou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG