Sócrates diz que foi "vender" plano de privatizações e não dívida

O primeiro-ministro confirmou hoje a reunião entre o ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, e os responsáveis pelos fundos de Abu Dhabi.

Em declarações aos jornalistas, José Sócrates disse, no entanto, que não foi para vender dívida pública. "A reunião serviu para apresentar o nosso plano de privatizações e discutir os investimentos em Portugal e de empresas portuguesas em Abu Dhabi", afirmou o primeiro-ministro.

Questionado se ficaria satisfeito se Abu Dhabi comprasse dívida portuguesa, Sócrates respondeu que sim, mas acrescentou que ela está no mercado.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG