Só a economia de Chipre terá um fim de ano pior que Portugal

A economia de Portugal vai ter o segundo pior desempenho da União Europeia na segunda metade de 2011, e só o Chipre estará pior entre os 27, prevê a Comissão Europeia.

De acordo com as previsões de Outono da Comissão Europeia, hoje divulgadas em Bruxelas, o Produto Interno Bruto (PIB) português terá caído 1,4 por cento no terceiro trimestre deste ano relativamente ao trimestre anterior; no último trimestre de 2011, a queda será de 1,5 por cento.

Estas são as variações em cadeia do PIB mais negativas da União Europeia para os últimos dois trimestres de 2011, com exceção do Chipre - a economia cipriota deverá cair 1,7 por cento no terceiro trimestre e 1,8 por cento no quarto. Mesmo a Grécia, o país mais afectado pela crise das dívidas soberanas, terá um desempenho menos negativo - variações negativas de 0,7 por cento em ambos os trimestres.

Em média, a zona euro terá um crescimento em cadeia de 0,2 por cento no terceiro trimestre deste ano, e uma redução do PIB de 0,1 por cento no quarto.

A Comissão não apresenta dados para Irlanda, República Checa e Malta, mas tendo em conta a evolução recente das respectivas economias, é improvável que registem quedas tão acentuadas.

A Comissão Europeia prevê que o PIB português caia 3 por cento em 2012, o valor mais negativo da zona euro, e que a taxa de desemprego atinja os 13,6 por cento. Para 2013, a Comissão espera que Portugal registe um crescimento de 1,1 por cento.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG