Só 965 funcionários públicos pediram rescisão amigável

O Governo anunciou hoje que, desde o início do programa de rescisões amigáveis, a 1 de setembro, se registaram cerca de 40 pedidos de adesão por dia.

Num comunicado da secretaria de Estado da Administração Interna, informa-se que foram 965 os funcionários públicos que pediram para aderir ao programa do Governo e que, destes, 255 já tiveram despacho favorável para rescisão.

De acordo com este comunicado, que faz o ponto da situação do programa de rescisões por mútuo acordo desde o seu arranque, a 1 de setembro, até 3 de outubro, "o número de pedidos de rescisão manteve-se constante", com cerca de 40 pedidos por dia.

A secretaria de Estado informa que cerca de 1.200 trabalhadores assistiram às sessões de esclarecimento realizadas pelo país e que os serviços competentes já receberam mais de 4.000 chamadas telefónicas de trabalhadores pela linha de apoio. Neste mês, foram efetuadas mais de 230 mil visitas ao site e o número de acessos ao simulador para cálculo da compensação ultrapassa já os 88 mil.

O programa de rescisões continua até 30 de novembro.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG