Resgate aos bancos espanhóis "não vai funcionar"

O prémio Nobel da economia em 2001, Joseph Stiglitz, considera que o resgate financeiro a Espanha não funcionária e pode criar uma "economia vudu" com o Estado, através da Europa, a resgatar os bancos e estes a resgatar o Estado.

Numa entrevista parcialmente publicada na edição online do jornal espanhol Expansion, Joseph Stiglitz considera que como os bancos são os principais compradores de dívida soberana, o Governo poderia ver-se obrigado a pedir ajuda aos bancos aos quais agora chegarão fundos europeus.

"Se o Governo espanhol resgata os bancos e a banca resgata o Governo, o sistema converte-se numa economia vudu. Não está a funcionar e não funcionará", disse.

Joseph Stiglitz defende que a prioridade de Bruxelas deveria ser de criar uma autoridade bancária comum para toda a zona euro, caso contrário não se poderão impulsionar políticas que impulsionem de novo o crescimento económico.

O governo espanhol anunciou no sábado um pacote de ajuda no valor de 100 mil milhões de euros para a banca do país.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG