Prevê-se um crescimento das remessas dos emigrantes

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, considerou hoje que este ano deve ocorrer um aumento das remessas financeiras dos emigrantes, acompanhando a tendência do ano passado.

"Em 2012, só a nível de remessas financeiras, tivemos o valor mais alto da década: 2.749 milhões de euros. Este ano, pelas indicações que temos, volta a haver um crescimento", declarou o governante à agência Lusa, em Vilar Formoso.

José Cesário esteve hoje na principal fronteira terrestre portuguesa, onde participou numa campanha de sensibilização rodoviária dos emigrantes que entram em Portugal, promovida pela associação de jovens lusodescendentes Cap Magellan.

O secretário de Estado sublinhou que, "mais importante" do que o dinheiro enviado pelos emigrantes, é o papel de divulgação de Portugal nos países de acolhimento.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG