Portugal conseguiu um "excelente acordo"

O presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, considerou que Portugal conseguiu "um excelente acordo" nas negociações sobre o orçamento comunitário para os próximos sete anos, numa maratona de mais de 24 horas que hoje terminou em Bruxelas.

"Para Portugal, é um excelente acordo", disse José Manuel Durão Barroso, em declarações a jornalistas portugueses no final dos trabalhos.

"Portugal tem nas diferentes rubricas, na coesão, na agricultura, uma boa manifestação da solidariedade europeia", disse, sublinhando um ponto que classificou de essencial: "a redução do financiamento português para completar o europeu", no regime de cofinanciamento que se aplica a políticas como a da coesão e do desenvolvimento rural.

O acordo permite, assim, "uma melhor qualidade dos instrumentos em termos da sua execução", uma discriminação positiva para Portugal e outros Estados-membros que considerou estarem "numa situação mais vulnerável".

Portugal saiu de Bruxelas com um envelope adicional de 500 milhões de euros garantidos para o desenvolvimento rural, sem cofinanciamento, que se somam aos 1.000 milhões euros acordados em novembro passado e agora confirmados para a coesão.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG