Plano francês de ajuda à indústria automóvel preocupa Bruxelas

Algumas medidas anunciadas por Paris são vistas pela Comissão Europeia como proteccionistas.

A Comissão Europeia diz ter “certas preocupações” quanto ao plano de ajuda à indústria automóvel anunciado pelo governo francês.

Bruxelas teme que o pacote, que prevê medidas por muitos consideradas proteccionistas, viole as regras comunitárias da Concorrência.

Paris anunciou ajudas suplementares de 7,8 mil milhões de euros à indústria automóvel francesa – dos quais três mil milhões à Peugeot-Citröen e Renault -, na condição de que as empresas não façam despedimentos, nem encerrem fábricas em França.

Mais Notícias