Oliveira Martins reúne-se dia 23 com presidente da comissão de acompanhamento à privatização da TAP

A reunião servirá para "uma troca de impressões e esclarecimentos sobre o processo".

O presidente do Tribunal de Contas, Guilherme d'Oliveira Martins, vai reunir-se dia 23 com o presidente da comissão especial de acompanhamento à privatização da TAP, João Cantiga Esteves, para discutirem o processo de privatização, disse hoje fonte oficial do TC.

"O presidente do Tribunal de Contas (TC) decidiu receber no dia 23 o presidente da comissão de acompanhamento do processo de privatização da TAP para uma troca de impressões e esclarecimentos sobre o processo", ou seja, na véspera da data marcada para assinatura do contrato entre o Estado e o consórcio vencedor da privatização da companhia aérea, disse à agência Lusa fonte do oficial do TC.

O Conselho de Prevenção da Corrupção (CPC) já havia convocado uma sessão extraordinária para 29 de junho, com a comissão especial de acompanhamento à privatização do grupo TAP, reunião esta que se mantém, explicou a mesma fonte.

Entretanto, o ministro da Economia, Pires de Lima, anunciou hoje em Sófia, que o contrato entre o Estado e o consórcio vencedor da privatização da TAP será assinado no dia 24 de junho.

Dado que não foi possível antecipar a reunião alargada de dia 29 junho entre o CPC e a comissão de acompanhamento, porque alguns dos elementos estão fora do país, Oliveira Martins marcou o encontro com Cantiga Esteves para dia 23, informou a fonte do TC.

O Governo anunciou na semana passada que decidiu vender o grupo TAP, dono da transportadora aérea nacional, ao consórcio Gateway, do empresário norte-americano e brasileiro David Neeleman (49%) e do empresário português Humberto Pedrosa (51%).

O Conselho de Prevenção da Corrupção é uma entidade administrativa independente que funciona junto do Tribunal de Contas e está a acompanhar o processo de privatização da TAP.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG