Mota-Engil já liquidou dinheiro reclamado

Fonte da empresa disse à agência Lusa que os montantes pedidos pelas Finanças foram saldados.

O grupo Mota-Engil já liquidou os montantes que lhe foram pedidos pelas Finanças no âmbito do processo Operação Furacão, disse hoje à agência Lusa fonte ligada à empresa.

A mesma fonte lembrou que além de António Mota, presidente da empresa que foi ouvido hoje no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), outras pessoas da Mota-Engil prestaram declarações no âmbito do mesmo processo ao longo dos últimos cinco anos.Os montantes em causa não foram revelados.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG