Mota-Engil contra relatório do troço Lisboa-Poceirão

O presidente da Mota-Engil admitiu contestar "de todas as formas" o relatório preliminar do concurso para a construção do troço Lisboa-Poceirão, que classificou em primeiro lugar o consórcio Tave Tejo, liderado pela espanhola FCC.

António Mota admite a possibilidade de recorrer aos tribunais.

A construtora anunciou ainda a compra de uma empresa de recolha e tratamento de resíduos no Brasil.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG