INE confirma que Portugal registou em 2012 a segunda maior recessão desde que há dados

O Instituto Nacional de Estatística (INE) confirmou hoje que no ano passado a economia portuguesa sofreu a mais profunda recessão desde 1975, atingindo os -3,2% do Produto Interno Bruto.

Na segunda estimativa para o PIB do quarto trimestre de 2012, o INE confirma os resultados apresentados a 14 de fevereiro, revelando que a economia apresentou um dos piores resultados da história, quando em termos anuais o PIB caiu 3,2%, encontrando um registo anual mais negativo apenas em 1975, com dados que não são inteiramente comparáveis.

Este é o pior resultado da série longa do INE que remonta a 1996, e o segundo pior da história quando considerada a série longa do Banco de Portugal, surgindo um resultado mais negativo apenas no ano de 1975, quando a recessão atingiu os 5,1%.

Em termos trimestrais, e comparando com o período homólogo, a contração do PIB quarto trimestre do ano passado acaba por ser a segunda pior da história, superada apenas pelos 4,1% verificados no primeiro trimestre de 2009. Esta é também a pior sequência na evolução do PIB tanto nas contas do INE como do Banco de Portugal.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG