Greve levou ao cancelamento de mais de 2.700 comboios

A greve dos maquinistas da CP provocou o cancelamento de 2.702 comboios entre a meia-noite de sexta-feira e as 12:00 de hoje, segundo cálculos feitos pela Lusa a partir de dados da empresa.

Na sexta-feira, primeiro dia de greve dos maquinistas, foram cancelados 1.248 comboios, e durante o fim-de-semana de Natal, foram suprimidos 1.290 comboios (644 no sábado e 646 no domingo).

A paralisação ainda teve consequências hoje, tendo levado à supressão de 164 comboios até às 12:00.

O Sindicato Nacional dos Maquinistas (SMAQ) decidiu avançar para a greve para contestar os processos disciplinares alegadamente ilegais interpostos pela empresa, tendo nova paralisação prevista para 01 de Janeiro.

No entanto, a CP e o SMAQ agendaram hoje uma reunião para terça-feira, durante a qual pode ser alcançado um acordo que evite a realização da greve no primeiro dia de 2012.

A CP estima um prejuízo de 2,5 milhões de euros com a greve da época natalícia.

Desde Fevereiro, as greves na CP já causaram um prejuízo acima dos dois milhões de euros, de acordo com a transportadora.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG