Estado perde 2,4 mil milhões de euros com negócio BPN

O Governo prevê perder com o BPN 2,4 mil milhões de euros, segundo o comunicado divulgado hoje, domingo, pelo Ministério das Finanças.

No documento em que anuncia a decisão de alienar o BPN ao Banco BIC, o Ministério das Finanças contabiliza os custos para o Estado do processo de nacionalização, alienação de activos e consequente privatização do Banco Português de Negócios.

"A recapitalização do BPN, prévia à transmissão das acções, ascenderá a cerca de 550 milhões de euros. Considerando também o esforço já realizado pelo Estado com a criação e a transferência de activos para as sociedades Parvalorem, S.A., Parups, S.A. e Parparticipadas, S.A., o total do custo do Estado com o BPN, descontado do preço de venda, ascende nesta data a cerca de 2,4 mil milhões de euros", lê-se no comunicado.

O BPN foi nacionalizado em 2008, tendo desde então o banco ficado sob gestão da Caixa Geral de Depósitos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG