Stiglitz considera positivo acordo de Concertação Social

Joseph Stiglitz defende que algumas das reformas laborais avançadas pelo Governo português são positivas para a economia nacional.

"Há um número de coisas positivas, nomeadamente o acordo conseguido com os parceiros sociais", afirmou o economista, à margem do Congresso anual da Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED). Em concreto, o prémio Nobel da Economia de 2001, referiu políticas de promoção de emprego e crédito às pequenas e médias empresas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG