Rui Cartaxo deixa cargo de presidente da REN

Rui Cartaxo vai deixar de ser presidente e CEO da REN, avançou hoje o Público. De acordo com essa notícia, que o Dinheiro Vivo já confirmou junto de fontes do setor, o gestor será substituído por Rui Vilar, ex-presidente da Gulbenkian, mas atual membro não executivo daquela Fundação e também membro não executivo da administração da REN já desde a privatização em 2012.

A entrada de Rui Vilar terá, no entanto, que ser aprovada pelos acionistas, que reúnem em assembleia geral em abril, mas ainda segundo o Público o que estará decidido é que o responsável fique à frente da empresa, pelo menos, até ao final deste ano, quando termina o mandato da atual administração.

Mais Notícias