Resgate só fecha com cortes permanentes nos salários

A última avaliação da troika (a 12ª), que arrancará em abril, assim como todo o programa de ajustamento, só ficarão selados quando o Governo mostrar as novas medidas que transformam os cortes temporários nos salários da função pública e das pensões em permanentes.

Em conferência de imprensa, Paulo Portas, o vice-primeiro-ministro, começou por dizer que "Portugal superou a 11ª avaliação", mas na verdade esta penúltima avaliação está ainda no início. Os técnicos chegaram na quinta-feira da semana passada e partiram hoje de Portugal. Só daqui a cerca de dois meses é que as instituições darão o sinal verde a este exame.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG