Rescisões por mútuo acordo no novo código de trabalho

Hélder Rosalino admitiu ontem que as rescisões por mútuo acordo sectoriais poderão ser um instrumento útil, quando estiver terminado o trabalho de reflexão sobre a redefinição das funções e despesa do Estado.

Este tema será objeto de análise durante a sexta avaliação da troika ao programa de assistência financeira a Portugal, mas o trabalho deverá demorar dois anos a ficar concluído.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG