Remessas dos emigrantes portugueses estagnaram

As remessas dos emigrantes portugueses em 2011 praticamente estagnaram relativamente ao ano anterior, atingido 2.430 milhões de euros, segundo dados divulgados esta semana pelo Banco de Portugal (BdP).

Este valor representa um aumento de apenas 0,2% relativamente às remessas de 2010. Ainda assim, é o segundo ano consecutivo em que as remessas de emigrantes aumentaram; em 2009 e em 2008, o valor das remessas dos emigrantes chegou mesmo a cair.

Em valor nominal, as remessas dos emigrantes portugueses atingiram o nível máximo em 2001: 3.737 milhões de euros.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG