Recessão mais grave, previsão de desemprego pouco credível

O Conselho Económico e Social (CES) espera uma recessão mais forte no próximo ano e considera pouco credíveis as previsões para a taxa de desemprego.

No projecto de parecer à proposta de Orçamento do Estado para 2012, a que o Dinheiro Vivo teve acesso, o CES afirma que apesar de a quebra do PIB esperada para 2011 e 2012 ser a mais grave dos últimos 30 anos", as medidas "constantes do OE" poderão levar a "uma quebra ainda mais acentuada do produto".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG