Portas apontado à Economia, Álvaro deve sair

Paulo Portas pode ficar no Governo como vice-primeiro-ministro com a pasta da Economia. Esta noticia está a ser avançada pela TVI

Passos Coelho mostrou-se hoje otimista sobre a resolução da grave crise política em Portugal.

Ontem, em Berlim, onde assistiu a uma conferência europeia sobre o emprego, o primeiro-ministro afirmou esperar que a "crise interna possa ser ultrapassada rapidamente". Passos Coelho aproveitou o encontro para tranquilizar os líderes europeus sobre o futuro de Portugal.

Entretanto, Paulo Portas reuniu-se com a comissão executiva do CDS-PP para delinear a estratégia centrista para o futuro. Um dia após ter apresentado a sua demissão e ter visto o Passos Coelho a recusar a mesma, a comissão executiva do CDS-PP mostrou-se disponível para negociar com o PSD, a fim de manter a coligação.

Pedro Passos Coelho e Paulo Portas estiveram reunidos. A TVI avança que que Paulo Portas não ficará no Governo como ministro dos Negócios Estrangeiros, mas sim como vice-primeiro-ministro com a pasta da Economia.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG