PIB de 2011 cresceu 2,9% com novas regras europeias

A revisão das regras de contabilização das Contas Nacionais levou a uma revisão da riqueza nacional em 2011. E, de acordo com os dados hoje divulgados pelo INE, bem acima do que se esperava: o PIB cresceu 2,9% quando se esperava um máximo de 2,5% de aumento.

"O PIB de 2011 é reavaliado para cerca de 176,2 mil milhões de euros, o que corresponde a um nível superior em 2,9% ao apurado na anterior base 2006", divulga hoje o gabinete de estatísticas nacional.

As alterações prendem-se, por um lado, às alterações metodológicas decorrentes da implementação do Sistema Europeu de Contas 2010 (SEC 2010) e, por outro, da incorporação de nova informação estrutural, nomeadamente dos Censos 2011, já que a base passa a ser 2011 e não 2006. O efeito agora sentido nas contas passadas, deverá voltar nas contas dos próximos anos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG