Perdas com BCP penalizam resultados da Teixeira Duarte

A construtora terminou os primeiros nove meses do ano com prejuízos de 129 milhões de euros, um montante que compara com o lucro de 56 milhões de euros registados em igual período do ano passado. Já o EBITDA permaneceu estável nos 118 milhões.

A participação que a Teixeira Duarte detém no BCP, de 5,68%, registou uma forte desvalorização entre Janeiro e Setembro que resultou num impacto negativo nos resultados de 116 milhões de euros.

Além desta perda, a construtora registou ainda uma desvalorização de 2,2 milhões de euros com as acções do banco espanhol BBVA.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG