Passos entra pelas traseiras para evitar manifestação

Centenas de populares concentraram-se esta tarde em Azurara, Vila do Conde, junto à Imperial, à espera da chegada do primeiro-ministro Pedro Passos Coelho e do ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, mas estes evitaram os manifestantes, entrando por uma porta nas traseiras da fábrica de chocolate.

Os populares estavam concentrados há várias horas no local e, a cada carro que passa, lançavam gritos de "gatuno" e "é preciso outra revolução", tendo obrigado a GNR a estabelecer um cordão de segurança.

Um manifestante que quebrou o cordão de segurança foi detido, noticiou a SIC.

Pedro Passos Coelhos e Álvaro Santos Pereira visitaram hoje a Imperial, que comemora o seu 80.º aniversário.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG