"Orçamento insiste no esforço violento da consolidação orçamental"

O líder dos patrões portugueses defende que o Orçamento do Estado para o próximo vai agravar ainda mais a situação económica e financeira das empresas e famílias portuguesas.

"O Orçamento do Estado está muito longe de responder de forma satisfatória ao grande desafio que se apresenta ao Governo no próximo ano, de consolidar as finanças públicas e o fomento do crescimento económico, porque insiste no esforço violento da consolidação orçamental", afirmou, esta segunda-feira, o líder da CIP (Confederação Industrial de Portugal) durante um encontro da PASC (Plataforma Activa da Sociedade Civil).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG