O voo direto mais longo do mundo vai acabar

A Singapore Airlines vai deixar de fazer voos diretos de Singapura para Nova Iorque, até agora o voo direto mais longo do mundo, com 19 horas ininterruptas para percorrer os cerca de 16,7 mil quilómetros, avança hoje a Bloomberg.

A companhia aérea já acabou, na terça-feira, com o segundo voo direto mais longo do mundo, de Los Angeles a Singapura.

Agora, com o preço dos combustíveis a triplicar durante a última década, a Singapure Airlines vai fazer com que, a partir do próximo mês, os passageiros que queiram voar da cidade-estado para o John F. Kennedy International Airport, em Nova Iorque, tenham de fazer escala em Frankfurt, adicionando cinco horas às suas viagens.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG