Novo Orçamento do Estado com a mesma austeridade

Em 2014, o país assistirá ao fim do atual programa de resgate, sem que saiba ainda exatamente como irá ser este período pós-troika. Mas independentemente de a solução passar por um segundo programa, um cautelar ou uma saída mais à irlandesa, a generalidade dos portugueses não sentirá que a sua vida vai melhorar face a 2013.

Esperam-se subidas de preços em vários bens e serviços e a generalidade dos funcionários públicos irá ter uma redução de salário - alguns pela primeira vez, outros de forma mais acentuada do que aquela que até agora lhes foi imposta.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG