Mosquito pode ficar com maioria da Soares da Costa

O empresário angolano António Mosquito, várias vezes apontado como comprador da Controlinveste (leia mais aqui) deverá ficar com dois terços do capital da Soares da Costa Construção.

A operação deverá acontecer através de um aumento de capital de 70 milhões de euros que está ainda dependente de autorizações.

Em comunicado hoje enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a construtora informa que acordou com o empresário a operação de capitalização desta subsidiária, que concentra a atividade principal do grupo, uma proposta que vai ainda ser submetida à apreciação do conselho de administração.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG