João Proença: Eleições italianas é "sinal de alarme"

O secretário-geral da União Geral de Trabalhadores (UGT), João Proença, afirmou hoje que o resultado das eleições italianas é "um sinal de alarme adicional" de que "a política de ultra-austeridade não é capaz de resolver os problemas". João Proença, que falava após uma reunião com o secretário-geral do Partido Socialista (PS), entende que "hoje há um sentimento generalizado na Europa" de que, com políticas de austeridade, os problemas do crescimento não serão resolvidos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG