Há 35 empresas a pedirem insolvência todos os dias

Nos primeiros 11 meses deste ano, 8100 companhias foram já obrigadas a fechar as portas, mais 13,4% do que há um ano.

Tudo parecia bem encaminhado para a recuperação da Ambar. O plano de viabilização foi aprovado pelos credores, apesar do voto contra do BCP, detentor de 22,4% dos créditos. Mas o banco avançou com um requerimento em tribunal reclamando irregularidades no processo de votação. A empresa, fundada em 1939 pelo comendador Américo de Sousa Barbosa e que chegou a faturar mais de 30 milhões de euros, tem agora dívidas reclamadas superiores a 18 milhões e o futuro ameaçado.

Este é apenas um dos muitos exemplos de empresas com processos de insolvência a correr nos tribunais portugueses. Entre janeiro e novembro, o número de insolvências cresceu 13,4%, atingindo um total de 8119 casos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG