Governo quer que função pública trabalhe mais 4 dias/ano

O Governo quer exigir, pelo menos, mais quatro dias úteis de trabalho aos funcionários públicos no próximo ano. Mas podem ser mais.

O alargamento do tempo de trabalho resulta da eliminação de várias tolerâncias de ponto (as chamadas pontes), uma medida aproveitada, sobretudo, pelos funcionários públicos. A estes dias podem somar-se quatro feriados que deverão ser suprimidos.

Ontem, no Parlamento, Álvaro Santos Pereira, o ministro da Economia e do Emprego, disse aos deputados da comissão de Trabalho que a totalidade das tolerâncias de ponto previstas para o período de 2011 a 2014 resultariam em 31 dias de trabalho "perdidos" caso nada fosse feito.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG