Governo quer diluir metade de cada subsídio no salário

O Governo propôs aos parceiros sociais a diluição de metade de cada um dos subsídios de Natal e férias no privado. Os restantes 50% serão pagos nas datas e de acordo com as regras atualmente em vigor. A medida vigorará apenas em 2013 e abrangerá apenas os contratos de trabalho por tempo indeterminado.

Na proposta, a que o Dinheiro Vivo teve acesso, o Governo acentua que a medida vai suavizar o impacto da subida da carga fiscal, ao mesmo tempo que permite que os trablahadoers continuem a receber de uma vez só 50% de ambos os subsídios, nos moldes atualmente previsto no Código do Trabalho. Ou seja, metade de um dos subsídios será pago antes do início do período de férias e metade do 13º mês terá de ser pago até 15 de dezembro.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG