Governo congela indexante de apoios sociais

A principal referência para a "fixação, cálculo e actualização das contribuições, das pensões e outras prestações sociais", o Indexante dos Apoios Sociais (IAS), deve ficar congelado nos 419,22 euros mensais, de acordo com a proposta preliminar do Orçamento do Estado para 2014.

Este indexante, que também serve para calcular a esmagadora maioria das prestações de combate a situações de pobreza e exclusão, fica assim congelado pelo quarto ano consecutivo (desde 2010, inclusive, que está em 419,22 euros).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG