Fúria privatizadora varreu a Europa desde o início da crise

O que é que a candidatura de Jogos Olímpicos de Roma, a terça-feira de Carnaval de Portugal, o sol grego, a coudelaria nacional irlandesa, a lotaria nacional espanhola e o controlo de tráfego aéreo britânico têm em comum?

Estão todos a ser vendidos ou cancelados pelos governos europeus desesperados para resolver as suas finanças públicas, segundo o The Independent. É caso para dizer que vão-se os anéis mas ficam os dedos.

Há uns anos muitas destas medidas teriam levado a inúmeras manifestações, petições, pedidos de pareceres mas hoje em dia tornaram-se recorrentes no panorama político e social da União Europeia.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG