Francisco Louçã critica Nobel da Economia Eugene Fama

Francisco Louçã criticou a atribuição do Nobel da Economia a Eugene Fama, um dos três premiados na edição deste ano, juntamente com Lars Peter Hansen e Robert Shiller.

"Fama é o criador da 'teoria dos mercados eficientes' que supõe as condições em que os mercados processam de forma óptima a informação disponível e portanto determinam os preços mais eficientes", escreveu o professor catedrático do ISEG na sua página de Facebook.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG