Espanha é um perigo para a zona euro

Num momento em que a crise da dívida soberana e da banca começam a acalmar na zona euro, Espanha parece não conseguir estabilizar. Segundo dados hoje revelados pelo Banco de Espanha, a economia espanhola recuou nos primeiros três meses deste ano e a destruição de emprego intensificou-se.

Enquanto o país assiste a uma deterioração generalizada dos principais setores, Bruxelas pede mais cortes e Rajoy tenta controlar o país. Todavia existem fatores internos que não permitem maior estabilidade no país. Conheça-os:

Um défice difícil de controlar

Espanha fechou 2011 com um défice de 8,51% do PIB, contrariamente aos acordados 6%.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG