"Empresas alemãs geralmente não fazem greves"

António Pires de Lima sublinhou que quando as "administrações se preocupam com as pessoas é mais fácil ter trabalhadores motivados, produtivos"

O modelo alemão de compromisso social entre trabalhadores e patrões foi elogiado pelo ministro da Economia, que acredita que esta sinergia ajuda estas empresas a serem mais produtivas e competitivas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG