Carta enviada ao FMI promete mais rescisões no Estado

Governo quer eliminar os suplementos durante os dias de férias até ao final de junho e garante, na carta enviada a 26 de de maio ao FMI, que vai avançar com mais rescisões

A intenção está na carta que foi enviada ao Fundo MonetárioInternacional (FMI): o Governo "planeia lançar novos programas como objetivo de reduzir o sobreemprego em subsectores específicos nooutono". Tradução? O Executivo vai avançar com mais rescisõespor mútuo acordo na função pública.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG