Antecessor de Zeinal Bava põe processo à Oi

Francisco Valim, o CEO mais caro da história das telecomunicações brasileiras, vai processar a Oi em cem milhões de reais - 35 milhões de euros - depois de ter sido despedido em janeiro por maus resultados.

Apesar de só ter ficado 18 meses à frente da operadora brasileira - hoje liderada por Zeinal Bava - Valim quer receber a totalidade dos quatro anos previstos no contrato e já colocou uma ação no Tribunal da Relação do Rio de Janeiro, adianta a revista Veja na última edição. O ex-CEO recebia perto de 700 mil euros de salário por mês - incluindo remuneração fixa e prémios de desempenho -, quase 35 milhões de euros para o período de quatro anos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG